top of page

10 lugares históricos para visitar no Egito

Updated: Jul 5, 2023


10 lugares históricos para visitar no Egito
10 lugares históricos para visitar no Egito

10 lugares históricos para visitar no Egito:As Pirâmides de Gizé


A Grande Pirâmide de Quéops


A Grande Pirâmide de Quéops é uma das sete maravilhas do mundo antigo e é o monumento mais famoso do Egito. Construída há mais de 4.500 anos, a pirâmide é uma das maiores estruturas já construídas pelo homem, com uma altura de 146 metros. Acredita-se que a pirâmide tenha sido construída como um túmulo para o faraó Quéops e levou cerca de 20 anos para ser concluída. A Grande Pirâmide é um testemunho impressionante da habilidade e engenhosidade dos antigos egípcios e continua a ser um dos locais mais visitados do Egito.

A Pirâmide de Quéfren

A Pirâmide de Quéfren é a segunda maior pirâmide do Egito, com uma altura de 143 metros. Foi construída durante a Quarta Dinastia do Antigo Império Egípcio, por volta de 2520 a.C. A pirâmide é famosa por sua fachada de pedra calcária que ainda está relativamente bem preservada. Além disso, a pirâmide contém uma câmara funerária que foi descoberta em 1837 pelo explorador britânico Richard William Howard Vyse. Acredita-se que a pirâmide tenha sido construída para o faraó Quéfren, que governou o Egito por volta de 2520 a.C. A Pirâmide de Quéfren é um dos monumentos mais icônicos do Egito e um dos lugares históricos mais visitados do país.

A Pirâmide de Miquerinos

A Pirâmide de Miquerinos é a menor das três grandes pirâmides de Gizé, mas ainda assim é uma das mais impressionantes estruturas antigas do Egito. Construída durante a Quarta Dinastia, por volta de 2500 a.C., a pirâmide foi originalmente revestida em calcário branco polido, que foi retirado ao longo dos séculos para ser usado em outras construções. No entanto, a base da pirâmide ainda é impressionante, com uma altura de 66 metros e uma área de base de mais de 100 metros quadrados. O interior da pirâmide também é fascinante, com corredores estreitos e câmaras funerárias que foram saqueadas ao longo do tempo. A Pirâmide de Miquerinos é um testemunho impressionante da habilidade e engenhosidade dos antigos egípcios.

O Templo de Karnak

O Grande Hipostilo

O Grande Hipostilo é uma das estruturas mais impressionantes do Templo de Karnak, em Luxor. Composto por 134 colunas gigantes, cada uma com mais de 20 metros de altura, o hipostilo foi construído durante o reinado do faraó Seti I e ampliado por Ramsés II. O espaço era usado para cerimônias religiosas e abrigava estátuas de deuses egípcios. Hoje, os visitantes podem caminhar entre as colunas e admirar a grandiosidade da estrutura, que é considerada uma das maiores salas hipostilas do mundo.

O Templo de Amon


O Templo de Amon é um dos mais impressionantes e bem preservados templos do Egito antigo. Localizado em Karnak, próximo à cidade de Luxor, o templo foi construído em homenagem ao deus Amon, um dos principais deuses da mitologia egípcia. Com mais de 2.000 anos de história, o Templo de Amon é um verdadeiro tesouro arqueológico, com enormes colunas, esculturas e relevos que retratam a vida e as crenças dos antigos egípcios. Além disso, o templo é um importante centro de peregrinação para os fiéis, que vêm de todo o mundo para prestar homenagem a Amon e participar de cerimônias religiosas. Se você está planejando uma viagem ao Egito, não deixe de visitar o Templo de Amon e conhecer um pouco mais sobre a fascinante cultura egípcia.


10 lugares históricos para visitar no Egito:O Lago Sagrado


O Lago Sagrado, também conhecido como Lago de Nasser, é um dos maiores lagos artificiais do mundo e foi criado pela construção da barragem de Aswan. O lago é cercado por belas paisagens naturais e é um importante destino turístico no Egito. Além disso, o Lago Sagrado é um local sagrado para os egípcios, pois acredita-se que ele tenha sido criado pelo deus Hapi, o deus do Nilo. Os visitantes podem desfrutar de passeios de barco pelo lago e visitar as ilhas próximas, que abrigam templos e monumentos antigos. O Lago Sagrado é um lugar imperdível para quem quer conhecer a história e a cultura do Egito.


10 lugares históricos para visitar no Egito:O Vale dos Reis

O Túmulo de Tutancâmon

O Túmulo de Tutancâmon é um dos lugares mais famosos e fascinantes do Egito. Descoberto em 1922 pelo arqueólogo britânico Howard Carter, o túmulo continha tesouros incríveis e artefatos valiosos que ajudaram a entender melhor a cultura e a história do antigo Egito. Entre os objetos encontrados estavam o sarcófago de Tutancâmon, máscaras funerárias, joias, móveis e até mesmo um barco funerário. Embora muitos dos tesouros tenham sido transferidos para o Museu Egípcio do Cairo, o túmulo em si ainda pode ser visitado no Vale dos Reis, perto de Luxor. É uma experiência única e emocionante para quem quer mergulhar na história e na cultura do Egito antigo.

O Túmulo de Ramsés III

O Túmulo de Ramsés III é um dos locais mais impressionantes do Egito antigo. Localizado no Vale dos Reis, em Luxor, este túmulo é uma das maiores e mais bem preservadas tumbas reais do país. Construído no século XII a.C., o túmulo apresenta uma série de câmaras e corredores ricamente decorados com hieróglifos e cenas da vida após a morte. Entre as principais atrações do local estão a Sala das Colunas, com suas colunas esculpidas em forma de papiro, e a Sala do Tesouro, que abriga uma série de objetos preciosos e joias pertencentes ao faraó. Para os amantes da história e da arqueologia, o Túmulo de Ramsés III é um destino imperdível no Egito.

O Túmulo de Seti I

O Túmulo de Seti I é um dos locais mais impressionantes do Vale dos Reis, em Luxor. Este túmulo foi construído para o faraó Seti I, que governou o Egito no século XIII a.C. O túmulo é conhecido por suas belas pinturas murais e relevos, que retratam cenas da vida do faraó e do antigo Egito. O túmulo é composto por várias salas, incluindo a Sala de Pilar, a Sala de Anúbis e a Sala do Sarcófago. Embora o túmulo tenha sido saqueado ao longo dos anos, ainda é possível admirar a beleza e a grandiosidade deste local histórico.

O Templo de Abu Simbel

Os Grandes Templos de Ramsés II

Os Grandes Templos de Ramsés II são alguns dos mais impressionantes e bem preservados monumentos do Egito Antigo. O Templo de Abu Simbel, localizado no sul do país, é um dos mais famosos, com suas enormes estátuas de Ramsés II na fachada. O Templo de Karnak, em Luxor, é outro exemplo impressionante da arquitetura egípcia antiga, com seus enormes pilares e salas hipostilas. Ambos os templos foram construídos durante o reinado de Ramsés II e são testemunhos da grandeza e poder do faraó. Visitar esses templos é uma experiência única e inesquecível para quem deseja conhecer a história e a cultura do Egito Antigo.

Os Templos de Nefertari

Os Templos de Nefertari são um conjunto de templos localizados em Abu Simbel, no sul do Egito. Eles foram construídos durante o reinado do faraó Ramsés II em homenagem à sua esposa, a rainha Nefertari. Os templos são famosos por suas impressionantes fachadas esculpidas na rocha, que apresentam imagens dos faraós e deuses egípcios. O Templo de Nefertari é especialmente notável por sua decoração interior, que inclui belos murais que retratam a rainha em cenas de adoração aos deuses. Os Templos de Nefertari são um testemunho da riqueza e poder do antigo Egito e são uma visita obrigatória para qualquer pessoa interessada na história e cultura do país.

A História da Salvação do Templo

A História da Salvação do Templo é uma das mais fascinantes do Egito Antigo. O Templo de Abu Simbel, construído pelo faraó Ramsés II, foi ameaçado de destruição quando a barragem de Aswan foi construída nos anos 60. No entanto, uma campanha internacional liderada pela UNESCO salvou o templo da inundação, que teria destruído a obra-prima da arquitetura egípcia. O templo foi desmontado e reconstruído em um local mais alto, onde permanece até hoje como um testemunho da habilidade e engenhosidade dos antigos egípcios. A História da Salvação do Templo é um exemplo inspirador de como a cooperação internacional pode preservar o patrimônio cultural da humanidade.

O Templo de Luxor

O Templo de Amon

O Templo de Amon, localizado em Luxor, é um dos mais impressionantes templos do Egito antigo. Construído durante o reinado de Amenhotep III, o templo foi dedicado ao deus Amon, considerado o rei dos deuses egípcios. Com sua arquitetura grandiosa e detalhes intricados, o Templo de Amon é um testemunho da habilidade e engenhosidade dos antigos egípcios. Os visitantes podem explorar as várias salas e corredores do templo, incluindo o famoso Salão das Colunas, que apresenta 134 colunas gigantes. Além disso, o Templo de Amon é um local importante para a história do Egito, pois foi aqui que o faraó Tutancâmon foi coroado. Uma visita ao Templo de Amon é uma experiência inesquecível para quem deseja conhecer a rica história e cultura do Egito antigo.

O Templo de Mut

O Templo de Mut é um dos mais impressionantes templos do Egito Antigo. Localizado em Luxor, foi construído durante o reinado de Amenhotep III e ampliado por Ramsés II. O templo é dedicado a Mut, a deusa mãe, esposa de Amun, e é um exemplo notável da arquitetura egípcia antiga. O Templo de Mut é conhecido por suas colunas gigantes, que são decoradas com hieróglifos e imagens de deuses e faraós. Além disso, o templo abriga uma série de salas e santuários, incluindo o santuário de Mut, que é considerado um dos mais sagrados do Egito. Para os amantes da história e da arquitetura, o Templo de Mut é uma visita imperdível.

O Templo de Montu


O Templo de Montu é um dos locais mais fascinantes para visitar no Egito. Localizado em Luxor, este templo foi construído durante o reinado do faraó Amenhotep III e dedicado ao deus da guerra Montu. O templo é composto por várias estruturas, incluindo um pátio, uma sala hipostila e uma capela. Os visitantes podem admirar as colunas decoradas com hieróglifos e imagens de Montu, bem como os relevos que retratam cenas de batalha. O Templo de Montu é um testemunho impressionante da habilidade e engenhosidade dos antigos egípcios e uma visita obrigatória para quem quer explorar a rica história do Egito.

O Templo de Edfu

O Templo de Hórus

O Templo de Hórus, localizado em Edfu, é um dos templos mais bem preservados do Egito antigo. Construído durante o reinado dos faraós Ptolomeu III e IV, o templo é dedicado ao deus Hórus, o deus falcão. O templo é famoso por suas enormes colunas, que apresentam inscrições detalhadas e imagens de Hórus. Os visitantes podem explorar as várias salas e corredores do templo, incluindo a sala hipostila, que apresenta 12 colunas gigantes. O Templo de Hórus é uma visita obrigatória para aqueles que desejam experimentar a rica história e cultura do Egito antigo.

A História do Templo

O Templo de Karnak é um dos mais impressionantes e antigos templos do Egito. Sua construção começou no Império Médio, por volta de 2055 a.C., e foi expandida ao longo dos séculos pelos faraós que governaram o país. O templo era dedicado ao deus Amon, considerado o rei dos deuses egípcios, e era um local de peregrinação e adoração para os antigos egípcios. O complexo do templo inclui várias estruturas, como o Grande Salão Hipostilo, com suas 134 colunas gigantes, e o Templo de Ramsés III, com suas belas pinturas e relevos. Visitar o Templo de Karnak é uma oportunidade única de mergulhar na história e na cultura do Egito antigo.

Os Hieróglifos de Edfu

Os Hieróglifos de Edfu são uma das atrações mais fascinantes do Egito. Localizados no Templo de Horus em Edfu, esses hieróglifos são uma das melhores representações da escrita egípcia antiga. Os visitantes podem admirar as inscrições nas paredes do templo, que contam histórias sobre os deuses egípcios e a vida cotidiana na época. Os hieróglifos de Edfu são uma verdadeira obra de arte e uma oportunidade única de aprender sobre a história e a cultura do Egito antigo.

O Templo de Dendera

O Templo de Hator


O Templo de Hator é um dos templos mais bem preservados do Egito Antigo. Localizado em Dendera, a cerca de 60 km ao norte de Luxor, este templo foi construído durante o reinado de Ptolomeu XII e dedicado à deusa Hator, a deusa do amor, da música e da dança. O templo é famoso por seus belos relevos e pinturas, que retratam cenas da vida cotidiana, bem como cenas mitológicas. Uma das características mais impressionantes do templo é o seu teto, que apresenta um mapa estelar detalhado do céu noturno. O Templo de Hator é um lugar imperdível para quem quer conhecer a rica história e cultura do Egito Antigo.

O Zodíaco de Dendera

O Zodíaco de Dendera é uma das atrações mais fascinantes do Egito. Localizado no Templo de Hathor, em Dendera, este zodíaco é uma representação astrológica do céu noturno. Datado do período ptolemaico, o zodíaco é composto por 12 signos do zodíaco e 36 decanatos, cada um representado por uma figura divina. Acredita-se que o zodíaco tenha sido usado para prever o futuro e orientar as atividades religiosas. Embora o zodíaco tenha sido danificado ao longo dos anos, ainda é possível admirar sua beleza e complexidade. Uma visita ao Templo de Hathor é uma experiência única e enriquecedora para quem se interessa por história e astrologia.

A História do Templo

O Templo de Karnak, localizado em Luxor, é um dos maiores e mais impressionantes templos do Egito antigo. Sua construção começou no Império Médio, por volta de 2055 a.C., e continuou por mais de 2.000 anos, com cada faraó adicionando sua própria contribuição ao complexo. O templo era dedicado ao deus Amon-Rá, mas também abrigava outros santuários e capelas para outros deuses. O Templo de Karnak é um testemunho da habilidade e engenhosidade dos antigos egípcios em construir monumentos duradouros e impressionantes. Hoje, é um dos locais mais visitados do Egito e um testemunho da rica história e cultura do país.

O Templo de Philae

O Templo de Ísis

O Templo de Ísis é um dos locais mais fascinantes do Egito. Localizado na ilha de Philae, este templo foi construído em honra à deusa Ísis, que era considerada a mãe de todos os faraós. O templo foi construído durante o reinado de Ptolomeu II e foi ampliado por vários outros faraós ao longo dos séculos. O Templo de Ísis é um exemplo impressionante da arquitetura egípcia antiga e é um testemunho da rica história e cultura do Egito. Hoje em dia, o templo é um importante destino turístico e é um lugar imperdível para quem visita o Egito.

A História do Templo

O Templo de Karnak é um dos mais impressionantes e antigos templos do Egito. Sua construção começou no Império Médio, por volta de 2055 a.C., e foi expandido ao longo dos séculos pelos faraós do Império Novo. O templo era dedicado ao deus Amon, mas também abrigava outros santuários para deuses como Mut e Montu. O complexo do templo inclui uma série de pátios, salas hipostilas, obeliscos e colossos, além de um lago sagrado. O Templo de Karnak é um testemunho da habilidade e engenhosidade dos antigos egípcios em construir monumentos duradouros e impressionantes.

A Lenda de Ísis e Osíris

A Lenda de Ísis e Osíris é uma das mais famosas histórias da mitologia egípcia. Conta-se que Osíris, o rei do Egito, foi assassinado por seu irmão Seth, que o desmembrou e espalhou seus pedaços pelo país. Ísis, esposa de Osíris, juntou os pedaços e o ressuscitou, dando origem ao culto de Osíris como deus da morte e da ressurreição. A lenda é representada em muitos templos e monumentos egípcios, como o Templo de Philae, dedicado a Ísis, e o Templo de Karnak, onde há um grande obelisco em homenagem a Osíris. A história também inspirou muitas obras de arte, como o famoso sarcófago de Tutancâmon, que retrata a lenda em detalhes. Para os interessados na mitologia e na história egípcia, a lenda de Ísis e Osíris é um tema fascinante e enriquecedor.

O Templo de Kom Ombo

O Templo de Sobek

O Templo de Sobek é um dos locais mais fascinantes para visitar no Egito. Localizado na cidade de Kom Ombo, este templo foi construído durante o reinado de Ptolomeu VI no século II a.C. É dedicado a dois deuses: Sobek, o deus crocodilo, e Horus, o deus falcão. O templo é famoso por suas inscrições e relevos que retratam a vida cotidiana no Egito antigo, bem como por sua arquitetura impressionante. Os visitantes podem explorar as várias salas e corredores do templo, incluindo a sala de oferendas, o santuário principal e a sala dos relevos. O Templo de Sobek é um testemunho da rica história e cultura do Egito antigo e é uma visita obrigatória para qualquer pessoa interessada em aprender mais sobre a civilização egípcia.

O Templo de Haroeris

O Templo de Haroeris, também conhecido como o Templo de Hórus em Edfu, é um dos templos mais bem preservados do Egito antigo. Construído durante o reinado dos faraós Ptolomeu III e Ptolomeu IV, o templo é dedicado ao deus Hórus e sua esposa Hathor. O templo é famoso por suas enormes estátuas de granito, incluindo a estátua de Hórus em sua forma de falcão, que mede mais de 20 metros de altura. O Templo de Haroeris é um testemunho impressionante da habilidade e engenhosidade dos antigos egípcios na construção de templos grandiosos e elaborados.

A História do Templo

O Templo de Karnak é um dos mais impressionantes e antigos templos do Egito. Sua construção começou no Império Médio, por volta de 2055 a.C., e foi expandida ao longo dos séculos pelos faraós das dinastias XVIII e XIX. O templo é dedicado ao deus Amon, mas também abriga santuários para outras divindades egípcias. Com seus enormes pilares, salas hipostilas e obeliscos, o Templo de Karnak é uma verdadeira obra-prima da arquitetura egípcia antiga. Além disso, é um importante local de peregrinação e adoração até hoje.

O Museu Egípcio

O Tesouro de Tutancâmon

O Tesouro de Tutancâmon é um dos locais mais fascinantes e misteriosos do Egito. Descoberto em 1922 pelo arqueólogo britânico Howard Carter, o tesouro é composto por mais de 5.000 objetos, incluindo joias, móveis, armas e até mesmo carruagens. Acredita-se que esses objetos tenham sido enterrados com Tutancâmon para ajudá-lo em sua jornada para a vida após a morte. Entre as peças mais impressionantes estão a máscara funerária de ouro maciço do faraó e o trono de ouro incrustado com pedras preciosas. O Tesouro de Tutancâmon é uma visita obrigatória para quem quer conhecer mais sobre a história e a cultura do Egito antigo.

A Sala das Múmias Reais

A Sala das Múmias Reais é um dos lugares mais fascinantes para visitar no Egito. Localizada no Museu Egípcio do Cairo, a sala abriga os restos mortais de alguns dos faraós mais importantes da história do Egito Antigo, incluindo Ramsés II e Tutancâmon. Os visitantes podem ver as múmias em seus sarcófagos originais e aprender sobre a história e a cultura do Egito Antigo. A Sala das Múmias Reais é uma experiência única e inesquecível para quem está interessado na história do Egito.


A História do Museu

A História do Museu O Museu Egípcio do Cairo é um dos museus mais importantes do mundo, com uma coleção de mais de 120.000 objetos antigos.

Foi fundado em 1835 pelo governo egípcio e desde então tem sido um importante centro de pesquisa e preservação da história egípcia.

O museu foi originalmente localizado em um prédio próximo à Mesquita de Al-Azhar, mas em 1902 foi transferido para sua localização atual na Praça Tahrir. O edifício atual foi construído em 1900 e é um exemplo notável da arquitetura neoclássica. O museu é famoso por suas exposições de múmias, incluindo a coleção de Tutancâmon, que foi descoberta em 1922 pelo arqueólogo britânico Howard Carter. O Museu Egípcio do Cairo é um tesouro nacional e um destino imperdível para quem visita o Egito.

Se você ficou inspirado em conhecer os lugares históricos do Egito, não perca a oportunidade de planejar sua próxima viagem com a Viagem 60 Mais. Com pacotes personalizados e atendimento especializado, a agência de viagens oferece uma experiência única e inesquecível para os viajantes da terceira idade.

Acesse agora mesmo o site https://www.aposentadaspenaestrada.com e comece a planejar sua aventura pelo Egito!

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page